Comitê da Cultura de Paz

Chegamos ao 93º fórum, encerrando a programação 2011

Belíssimo ano de trabalho! Iniciamos com Vivi Tuppy trazendo suas valiosas experiências com oPrograma de Educação Formativa Educadores da Paz, que vem sendo realizado na região da Alta Noroeste Paulista há quase 10 anos. Em seguida, em adesão à 8ª Semana Martin Luther King, contamos com a visita de Dennis Watlington, que nos contou como a história e o exemplo de MLK o ajudaram a romper o ciclo vicioso das drogas e alçá-lo ao rol dos grandes atores e escritores dos EUA.

Em maio, recebemos a generosa contribuição de Joanne Blaney, Andrea Arruda e Petronella Boonen sobre as bens sucedidas experiências com a Escola de Perdão e Reconciliação na arte de conviver. No mês seguinte, o Dr. Paulo de Tarso Lima nos trouxe casos concretos de aplicação da Medicina Integrativa, uma verdadeira mudança de paradigma na medicina praticada atualmente.

No início do segundo semestre, a Dra. Daphne Rattner conduziu o 90º fórum, com o tema Nascimentos humanizados – promovendo a paz e a não-violência, e foi muito clara, a partir de sua longa trajetória na área: “precisamos incorporar a mudança radical no modelo de atenção que o parto humanizado representa, eliminando níveis de violência estrutural institucional e simbólica”.

No fórum seguinte, em setembro, aprendemos mais sobre o que nos faz humanos, compreendendo as bases biológicas e culturais da convivência, com o Dr. José Romão Trigo de Aguiar e o Prof. Hamilton Faria. E mês passado, em adesão à 30ª Semana Gandhi, organizada pela Associação Palas Athena desde 1981, recebemos mais de 30 artistas que tornaram este palco o exemplo vivo da frase de Gandhi que deu nome ao 92º fórum: A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte. E fechamos o ano com chave de paz: Fábio Brotto nos fez ocupar todos os espaços do auditório do MASP com Cooperar e inovar – uma pedagogia cidadã.

Esperamos que todas estas experiências sejam úteis a todos aqueles que estiveram nos fóruns e aos que ouviram os ecos de tão necessárias e brilhantes iniciativas que avançam na construção de uma Cultura de Paz. Quem não pôde estar ou quer relembrar, estudar e aplicar estas experiências em seus locais pode fazer o downloadde todos os fóruns no site do Comitê.