Comitê da Cultura de Paz

Gravidez não é doença!

Em breve, o áudio do fórum estará disponível
para download no site do Comitê.
Esta frase marcou o início do 90º fórum do Comitê da Cultura de Paz, “Nascimentos humanizados – promovendo a paz e a não-violência”.  A partir daí, a Dra. Daphne Rattner procurou desmistificar os partos desesperados, cheios de dor e sofrimento tanto das grávidas quanto das equipes médicas, destacou o excesso de cesarianas desnecessárias (em torno de 85%) e o quanto o mau uso das tecnologias pode induzir a problemas onde não existem.

 

Médicos de várias especialidades e localidades compareceram 
ao fórum e levaram suas experiências e dificuldades 
na implantação desta nova cultura.
Dra. Rattner também relatou as várias experiências que vêm sendo realizadas sobre os movimentos que acontecem em um parto, além das dificuldades que os profissionais e as corporações demonstram para incorporar a mudança radical no modelo de atenção que o parto humanizado representa, inclusive no sentido de sairmos da produtividade e entrarmos, de fato, na humanização deste primeiro momento da vida, eliminando os níveis de violência estrutural, institucional e simbólica – que acabam se traduzindo em pequenas e grandes violências no cotidiano.

Em breve, o áudio completo do 90º fórum estará à disposição para download no site do Comitê.