Comitê da Cultura de Paz e Não Violência

177º Fórum do Comitê da Cultura de Paz e Não Violência

O PODER RESTAURADOR DA SOLIDARIEDADE

 

“A Teoria da Dádiva” é o legado deixado pelo antropólogo e sociólogo Marcel Mauss. Apesar dos tempos agitados e controversos que vivemos, pensadores contemporâneos dedicam-se a salientar o poder da troca espontânea de bens e benefícios na criação de vínculos sociais de convivência. Na base desse fenômeno permanece o princípio de coesão e integridade, que favorece a sustentação de um convívio pacífico e confiável. 

Por outro lado, a economia global, as crises geopolíticas e as perturbadoras mudanças ecossistêmicas impõem aos povos desafios de sobrevivência inéditos, frente aos quais as experiências pregressas pouco ajudam a solucionar. Edgar Morin nos alerta sabiamente para um tempo de policrise e a necessidade de uma clara consciência de que todos pertencemos a uma mesma comunidade de destino, o que amplia sobremaneira a esfera de responsabilidade ética e moral de cada grupo ou pessoa do planeta.

No momento em que os brasileiros são mobilizados pela tragédia climática nas terras do Sul, tendo como resposta uma grande rede de cooperação para mitigar o sofrimento de tantas pessoas, é necessário refletir sobre a relevância da solidariedade e seus efeitos reparadores, tanto na bonança quanto na adversidade. 

 

 

11 de junho de 2024 • terça-feira • 19h
www.youtube.com/PalasAthenaBrasil
Atividade acessível – Tradução em Libras


 

Antonio Fernando Stanziani  – Engenheiro e Psicólogo Clínico/Organizacional. Consultor empresarial em qualidade, desenvolvimento humano e ética organizacional. Mestre pelo Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP), Formação em Psicologia Analítica (C.G. Jung) pelo Instituto Sedes Sapientiae SP. Professor universitário nas disciplinas de Psicologia e Ética. Conselheiro da Associação Palas Athena, onde coordena o programa de Formação em Ética.