Comitê da Cultura de Paz

132º Fórum da Cultura de Paz e Não Violência

Justiça Restaurativa e Segurança Afetiva

com Carmen Silvia Torres de Carvalho e Ana Sofia Schmidt de Oliveira

 

A obrigatoriedade da imposição de um castigo diante do cometimento de uma infração e outras crenças fundadoras do sistema punitivo vem sendo ressignificadas pela Justiça Restaurativa.

Há, atualmente, um forte movimento neste sentido em diferentes países e em diversas áreas, como a Educação e o Direito Penal. Mas, afinal, será que existem outras formas de solucionar conflitos? É possível trazer a noção de justiça para o campo dos afetos?

- Ana Sofia Schmidt de Oliveira

 
Criar vínculos saudáveis e convivência respeitosa com crianças e jovens – tanto no espaço familiar quanto nas escolas e lugares de encontro – tornou-se um desafio para pais e professores.

A velocidade das transformações a partir da globalização e das novas tecnologias; desigualdades históricas e violências estruturais exigem uma revisão do lugar, do papel e da atitude enquanto educadores.

Quais os caminhos? Não sabemos. Mas juntos poderemos aprender.

- Carmen Silvia Torres de Carvalho

 


ENTRADA GRÁTIS

6 de agosto de 2019 • terça-feira • 19 horas
Local: Teatro Antunes Filho – Sesc Vila Mariana
Rua Pelotas, 141 – Vila Mariana, São Paulo – SP.

Prefira Transporte Público
Metrô Ana Rosa 750m  e Metrô Paraíso 1000m

Retirada de ingressos no dia da atividade, a partir das 14h,
nas unidades do Sesc (exceto Interlagos, Itaquera e Parque Dom Pedro II)

 


Ana Sofia Schmidt de Oliveira, Procuradora do Estado da Procuradoria de Procedimentos Disciplinares. Especialista e Mestre em Direito Penal e Criminologia pela FADUSP. Coordenadora do Comitê Gestor do Programa Estadual de Solução Adequada de Conflitos de Natureza Disciplinar. Foi Coordenadora Geral do Serviço de Assistência Judiciária ao Preso, Ouvidora Geral da Procuradoria Geral do Estado, Coordenadora de Análise e Planejamento da Secretaria de Segurança Pública, Membro do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária do Ministério da Justiça e integrante da Comissão Internacional sobre Reforma Policial na Democracia. Autora do livro A Vítima e o Direito Penal. Formada nos Programas de Mediação de Conflitos, Facilitação de Diálogo e Construção de Consenso, e de Atenção e Concentração nas Práticas Meditativas, pela Palas Athena.

 

Carmen Silvia Torres de Carvalho, Graduada em Letras Português/Francês pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em Psicologia da Aprendizagem e do Desenvolvimento Humano pelo Instituto de Psicologia da USP e MBA em Gestão e Empreendedorismo Social pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Formou- -se em Mediação, Facilitação de Diálogo e Construção de Consensos e em Ética, Cultura de Paz e Dinâmicas de Convivência pela Palas Athena, onde ministra cursos, palestras e oficinas. Atuou como assessora da presidência e gerente de Arte e Cultura da Fundação CASA, como coordenadora pedagógica do Projeto Social Lar das Crianças da CIP e como gerente geral do projeto de responsabilidade social da Casa de Cultura e Cidadania. Atua no Projeto Se Liga Moçada, para jovens do CIEE na prevenção da violência contra a mulher.

 


 

Realização