Comitê da Cultura de Paz

59º Fórum
Educar para a paz em tempos difíceis

Com Xesús R. Jares

Educar é sempre um processo complexo e problemático, mas não há dúvida de que esta necessária e atrativa tarefa torna-se ainda mais relevante nos tempos difíceis e incertos que vivemos. Fatores internos do processo educacional (como choque de valores em e entre os diferentes setores da comunidade educacional) e fatores externos a ele (como diversidade social e cultural, relativismo niilista, perda de valores, consumismo, exclusão social, insegurança urbana) são os obstáculos que nos desafiam. Além disso, no contexto atual, a persistência do uso e divulgação da violência como forma de resolver conflitos constitui uma especial preocupação. Contudo, quando as circunstâncias são mais difíceis, devemos reagir com compreensão e paixão ainda maiores, ao invés de nos isolarmos decepcionados, visto que a decepção não nos leva à solução desses problemas.

É preciso conhecer a fundo tais desafios para poder questioná-los ética e educativamente, em uma incessante busca da verdade. É imprescindível também deixar claro que ante a violência não cabem posições ambíguas e tolerantes, muito menos em espaços educativos. Em outras palavras, o sistema educacional, como espaço de aprendizagem e convivência, deve oferecer os instrumentos necessários para possibilitar a aprendizagem de uma cultura de paz e não-violência, frontalmente oposta a qualquer forma de fundamentalismo, ainda que este se refugie em supostos direitos culturais. Tal aprendizagem deve basear-se na vivência das regras e valores da democracia, o respeito aos direitos humanos e o cumprimento das normas e deveres a eles inerentes. A educação deve ser prioritária, pois a longo prazo só ela pode proporcionar maiores garantias de verdadeiro desenvolvimento em direção ao bem comum.

Neste fórum, que marca o do Dia Internacional da Paz, será lançado o livro Educar para a Paz em Tempos Difíceis, de autoria do Prof. Dr. Xesús R. Jares, uma contribuição de peso a todo o setor educacional de nosso país.

 


Xesús R. Jares: Professor Catedrático de Didática e Organização Escolar da Universidade de A Coruña, na Espanha. Desde 1983 coordena o Coletivo Educadores pela Paz da Nova Escola Galega e é presidente da Associação Galego Portuguesa de Educação para a Paz. Autor e coordenador de diversos programas de Educação para a Paz e Convivência. Conferencista internacional e autor de inúmeros livros sobre o assunto, entre eles: Educação para a paz: teoria e prática, Artmed, 2002; Educar para a paz e a esperança em tempos de globalização, Guerra preventiva e terrorismo, Artmed, 2005.

 


ENTRADA FRANCA
21 de setembro de 2007 • sexta-feira • 19 h
Auditório do MASP • Museu de Arte de São Paulo
Av. Paulista, 1.578 – São Paulo – SP (Estação Trianon-Masp do Metrô)
Informações: Palas Athena (11) 3266-6188