Comitê da Cultura de Paz

86º Fórum
Educadores da Paz – Programa de Educação Formativa

Com Maria Elvira Ribeiro Tuppy 

Tendo como meta amparar, fortalecer e capacitar educadores-gestores no processo restaurativo de acolhimento e orientação da infância e juventude vitimadas pela desagregação familiar, falta de perspectivas e exposição à violência, o Programa Educadores da Paz é realizado em Araçatuba-SP junto à Diretoria Estadual de Ensino. Ele tem como fundamentos:

O Manifesto 2000 da UNESCO, que integra 6 compromissos – Respeitar a Vida, Rejeitar a Violência, Ser Generoso, Ouvir para Compreender, Preservar o Planeta e Redescobrir a Solidariedade.

Os Quatro Pilares da Educação do Futuro – Aprender a Conhecer, Aprender a Fazer, Aprender a Viver Junto e Aprender a Ser.

Os Princípios Norteadores das Práticas Restaurativas de Resolução de Conflitos – Focalizar os danos e necessidades, em primeiro lugar da vítima, mas também do ofensor e da comunidade. Examinar quais os deveres do ofensor e da comunidade diante desses danos. Envolver a todos, vítimas, ofensores e comunidade, no esforço de restaurar o bem-estar da vítima, reintegrar o ofensor e garantir a segurança da comunidade.

A Construção de Diálogo – Compartilhar significados. As Práticas Atencionais do Centramento – Treinamento de atenção sustentada voluntariamente.

Ao longo de dez anos de trabalho ininterrupto, o Programa construiu metodologia, produziu e sistematizou conhecimento, ampliando e atualizando os dispositivos e estratégias pedagógicas através da capacitação dos profissionais da educação e correlatos, com inúmeros desdobramentos nos diversos eixos da rede social.

A educação para uma Cultura de Paz e Convivência é uma iniciativa de longo prazo que deve considerar o contexto histórico, político, econômico, social e cultural de cada ser humano. Ela requer a parceria da comunidade e comprometimento com a ética, os valores universais, a natureza, com vistas ao futuro das próximas gerações.


Maria Elvira Ribeiro Tuppy (Vivi) – Psicopedagoga, bioterapeuta, professora, coordenadora do Comitê da Alta Noroeste Paulista e dos Programas de Construção de Cultura de Paz em Araçatuba e região, em parceria com a Associação Palas Athena.

 


ENTRADA FRANCA

17 de março de 2011 · quinta-feira · 19 horas
Auditório Santa Catarina – Hospital Santa Catarina
Avenida Paulista, 200 – São Paulo / SP – Estação Brigadeiro do metrô
Não é necessário fazer inscrição antecipada

Realização: Comitê da Cultura de Paz
www.palasathena.org.br